BRUCE LEE SE MATRICULOU NA UNIVERSIDADE DE WASHINGTON,EM SEATTLE,PARA ESTUDAR FILOSOFIA.O CURSO SUPERIOR PODERIA AINDA REFINAR SUA ESPECIALIDADE DE PROFESSOR DE KUNG FU COMO O MESTRE YIP,QUE ALÉM DOS GOLPES, ERA ESPECIALISTA EM FILOSOFIA ORIENTA,CULTO E SÁBIO.

O que faz um jovem aos 18 anos , vindo da china com 115 dólares no bolso numa cidade como San Francisco?Quando desembarcou na cidade americana,onde nascera em 1940, Bruce tinha ao menos um destino.Apesar do rigor de exigir que o filho ficasse bem longe da família , La Hoi Chuen tentou reduzir o castigo indicando -le um caminho.

Sugeriu que ficasse na casa de um conhecido na cidade.Foi lá que o filho se instalou. Era uma casa pequena e apertadada em Chinatown.Para ganhar dinheiro,Bruce Arrumou um emprego temporário como professor de dança.Com o pouco que recebia,conseguia pagar a mensalidade na academia onde treinava kung fu.Sua agilidade na performance impressionou os colegas de tatame.
Alguns o aconselharam a dar aulas.Mas ele, que praticava inglês só na escola, desconversava dizendo que antes precisava melhorar o idioma,aprender e praticar mais kung fu,esse não era o seu único desafio nos primeiros meses em San Francisco.Ele ainda não tinha se adaptado na cidade. aos amigos da academia revelava que se sentia desconfortável morando de favor na casa de alguém que mal conhecia , e cujos registros não existem mais.

Também reclamava que precisava de privacidade e queixava-se da frieza do dono da casa,Cinco meses depois de sua chegada aos EUA , Bruce escreveu uma carta a sua mãe relatando a dificuldade que,segundo ele, emperrava sua nova vida.Grace Li entendeu e teve então uma ideia: Bruce iria pra Seattle,Onde morava um outro amigo da família. Chow Ping tinha sido companheiro do pai de Bruce lee na companhia Cantonesa de Ópera e esteve com ele na turnê de 1941.Era casado com uma enfermeira ,Ruby de Nova York.Os dois foram para Seattle e lá abriram um restaurante.

O Lugar ficava fora do bairro chinês da cidade,para contragosto longe dos limites da Chinatown de Seattle não traria problemas raciais.Daria lucro – e o estabelecimento realmente prosperou.O Casal vivia bem com o restaurante, não rompeu com a comunidade chinesa e só tinha problemas com a polícia ou com a imigração.É que os Chow costumavam abrigar em casa alguns chineses recém chegados , sem terem para onde ir.

   
    Foi para a casa dessa família que Bruce Lee se mudou.Era um apartamento no terceiro andar do mesmo prédio do restaurante. e Bruce se instalou num cômodo apertado desse apartamento.Para começar sua vida em Seattle,passou a trabalhar no restaurante dos Chow. Não era uma rotina a que ele,um jovem acostumado ao conforto do dinheiro da família estava acostumado.Mas não tinha outro jeito, Bruce queria juntar dinheiro para poder estudar e,nas horas vagas,treinar kung fu em alguma academia na cidade.Assim,ocupou primeiro uma vaga de ajuda  de cozinha.Embora não fosse exatamente um emprego dos sonhos,ele aceitou o trabalho.era aplicado e aprendia rápido.Jovem bem educado,meses depois ganhou dos Chow uma vaga como Garçom, mas receber ordem não era algo de que Bruce gostasse.tinha personalidade forte.Por isso, eram comuns discussões com clientes e funcionários do restaurante.Ruby tinha cinco filhos e dizia tratar Bruce como um “outro filho”.mas os dois sempre se davam bem.Bruce era indisciplinado,chegava atrasado e costumava reclamar do trabalho.Para se manter no emprego, relevava broncas de Ruby.
    Alguns meses depois de Trabalho pesado, juntou um pouco e se matriculou na escola técnica Edson.Conseguiu nesse curso terminar enfim o colegial,que não concluíra em Hong KOng por causa das brigas nos colégios em que estudou.
 Também arranjou tempo para se dedicar ao kung fu em academia de Seattle. Chegou até a dar aulas de artes marciais em parque s e quintais de casa de amigos que conheceu pela cidade. treinava como quem se prepara para uma olimpíada imaginária.corria muito,seis dias por semana até 45 minutos em distancias que variavam de 3 a 9 km.
    A corrida diária era em qualquer terreno-do asfalto a bosques e colinas e incluía sessões de arranque e saltos em obstáculos,como banco de praça.por fim, havia ainda as cordas:pulava sempre ,com um ou dois pés por até 30 minutos seguidos.fazia flexões e abdominais até a exaustão.assim mantinha-se em forma pesava 63 kg e média 1,71 m.
 

Gostou desta Publicação? Compartilhe com seus amigos

The following two tabs change content below.
Um pouco sobre mim... Formado em Web Designer pela Studio Online, Formado em Educação Física - Licenciatura Pela Universidade Paulista, Cursando Educação Física - Bacharelado pela Faculdade Mauá, Atleta da Seleção Brasileira de Kung Fu Wushu. Instrutor de Wing Chun Kung Fu,Cosplayer a 8 anos,Web Designer,Editor, Amante da Cultura Geek em geral e que adora um Cinema com as pessoas próximas e adora viajar! Inscreva-se no nosso Canal - Nii-Sans Produções "Seja a água meu amigo"

Comments

comments